Inici > Invocació de l'Odissea > Canta-me, ó Musa, o homem fértil em expedientes

Canta-me, ó Musa, o homem fértil em expedientes

Canta-me, ó Musa, o homem fértil em expedientes, que muito vagueou,

depois que destruiu a cidadela sagrada de Tróia,

que viu as cidades de muitos homens e conheceu o seu espírito,

que padeceu, sobre as ondas, muitas dores no seu coração,

em luta pela vida e pelo regresso dos seus companheiros.

Mas a estes não pôde salvá-los, a despeito dos seus esforços.

Esses pereceram pela sua própria insensatez

—loucos! que foram devorar os bois consagrados a Hipérion,

o Sol! Por isso o deus os privou do dia do regresso.

Sobre estos feitos, ó deusa, filha de Zeus, fala-nos,

a nós também, principiando em qualquer altura.

 

Odisseia, I, 1-10


Traducció  al portuguès de Maria Helena da Rocha Pereira

 

hélade. Antologia da Cultura Grega“. 10ª edição.

Organização e tradução do original: Maria Helena da Rocha Pereira.

Guimarães Editores. Lisboa 2009. ISBN: 9789726656258

 

  1. Encara no hi ha cap comentari.
  1. No trackbacks yet.

Deixa un comentari

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

Esteu comentant fent servir el compte WordPress.com. Log Out / Canvia )

Twitter picture

Esteu comentant fent servir el compte Twitter. Log Out / Canvia )

Facebook photo

Esteu comentant fent servir el compte Facebook. Log Out / Canvia )

Google+ photo

Esteu comentant fent servir el compte Google+. Log Out / Canvia )

Connecting to %s

%d bloggers like this: